domingo, 20 de junho de 2010

mataram o festcampos de poesia falada



avelino jura que não foi ele

Blogueiros Desocupados apresentam:
Noite do Encravo e a Rosa
Paródias noturnas em canibália city
Breve no MPBar – mais informações:
e-mail fulinaima@gmail.com

Paulo Ciranda – Marçal Tupã




canibália city
não sei se febre água fogo fala
bala apontada
na boca do gatilho
o olhar explode dinamite
no embrião do caos
de que feito esta cidade?
ela atravessa a grana pro marido
eu me deserto
me entorto
trago a língua endiabrada
dentro a boca
não me travo
a polícia implode
mais um bunker na favela
o senado vota
a decisão pro ficha limpa
agora me pergunto:
o que é que o marido
vai fazer com ela?

Arturgomes
canibália city
http://goytacity.blogspot.com/
SampleAndo
http://artur-gomes.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário