quarta-feira, 16 de março de 2011

Catástrofe nuclear no Japão: alimentos, água e gerações futuras podem ser afetadas pela radiação





Medição de níveis de radiação em crianças e adultos

As informações sobre o desastre natural ocorrido no Japão trazem cada vez mais preocupação a comunidade internacional: incêndios sem controle nos reatores nucleares, prejuízos vultosos para a economia do país, perdas humanas cada vez maiores e o fantasma da tragédia nuclear.
A notícia abaixo, se se confirmar, representará uma catástrofe de proporções gigantescas. Contaminação de áreas de plantio, da água e o comprometimento da saúde de gerações futuras relembram, guardadas as devidas proporções, das bombas atômicas lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki, durante a segunda mundial e todo o sofrimento vivido por décadas pelo povo japonês.

Radioatividade pode entrar em cadeia alimentar no Japão

Material radioativo lançado ao ar pela usina nuclear japonesa afetada por um terremoto na sexta-feira pode contaminar a água e alimentos, e as crianças e os bebês que ainda não nasceram correm o maior risco de possivelmente desenvolverem câncer.

Especialistas afirmam que qualquer exposição a material radioativo tem o potencial de causar vários tipos de câncer, e o risco aumenta quanto mais elevado for o nível de radiação.

Leia também:

Após desastre natural, vazamento nuclear no Japão: radioatividade é 4 mil vezes superior a normal em área afetada!

Desastre no Japão: mais um "espetáculo" das tragédias ao vivo

Mas eles afirmam ser necessário medições mais precisas para o nível de radioatividade no Japão e na região para que se possa ter uma ideia mais clara dos riscos.

'As explosões podem expor a população à radiação por um longo período, o que pode elevar o risco de câncer. Os tipos são câncer da tiróide, câncer ósseo e leucemia. As crianças e os fetos são especialmente vulneráveis', disse Lam Ching-wan, químico patologista da Universidade de Hong Kong.

'Para alguns indivíduos, mesmo uma quantidade pequena de radiação pode elevar o risco de câncer. Quanto maior a radiação, maior o risco de câncer', disse Lam, que também é membro do Conselho Americano de Toxicologistas.

O material radioativo lançado ao ar pode ser diretamente inalado para o pulmão ou ser levado pela chuva ao mar e ao solo, e eventualmente contaminar plantações, a vida marítima e a água consumida pela população.

O leite de vaca também é especialmente vilnerável, segundo especialistas, caso os animais entrem em contato com o pasto contaminado.

Segundo Lee Tin-lap, toxicologista e professor associado da Escola de Ciências Médicas da Universidade de Hong Kong, as águas que banham o Japão precisam ser testadas para saber seu nível de radiação.

'Ninguém está medindo os níveis de radiação no mar', disse Lee à Reuters.
'A névoa que está sendo lançada ao ar eventualmente voltará para a água, e para a vida marítima será afetada... quando houver uma chuva, a água usada no consumo também será contaminada.'

A Organização Mundial de Saúde disse nesta terça-feira que o Japão está tomando as medidas corretas para proteger sua população da radioatividade, incluindo a retirada de pessoas e a estocagem de iodeto de potássio, um antídoto à radiação.

Reuters -Tan Ee Lyn via Palavras Diversas
(com reportagem adicional de Mayumi Negishi no Japão)




CBTIJ celebra 90 anos de Maria Clara Machado, 60 anos do Tablado, homenageia Dia Nacional e Mundial do Teatro para a Infância e Juventude e lança o 1° Circuito SESI CBTIJ de Teatro Infantil

No dia 22 de março, o Centro Brasileiro de Teatro para a Infância e Juventude - CBTIJ promove encontro entre artistas de diversas gerações para celebrar seus 15 anos de atividades, homenageando os 90 anos de Maria Clara Machado, os 60 anos do Tablado e Dia Nacional e Mundial do Teatro para a Infância e Juventude e lançar o 1° Circuito SESI CBTIJ de Teatro Infantil.

Mundialmente comemorado no dia 20 de março, em 2011 o Dia Mundial do Teatro para a Infância e Juventude cai num domingo. Como neste dia atores, atrizes, diretores, autores, produtores e técnicos estão trabalhando em suas peças, o CBTIJ reúne artistas de diversas gerações dois dias depois, para confraternização, homenagens a artistas históricos e lançamento do 1° Circuito SESI CBTIJ de Teatro Infantil, que acontece de março a dezembro nas unidades do SESI RJ.

O evento, que tem como fórmula a festividade, o divertimento, agilidade e graça, e terá como anfitriãs As Marias da Graça, será exclusivo para convidados da classe artística e imprensa, acontecendo no dia 22 de março, terça-feira, às 20 horas, no Teatro SESI, Centro do Rio de Janeiro.

Maria Clara Machado é a grande homenageada

A cada ano o CBTIJ convida um artista para criar a marca da homenagem: Ziraldo, Elifas Andreato, Ilo Krugli, Rosa Magalhães, Bia Salgueiro, são alguns dos artistas que já criaram marcas inesquecíveis. Neste ano em que o CBTIJ celebra 15 anos, Maria Clara Machado (03.04.1921-30.04.2001) completaria 90 anos e o Tablado faz 60 anos, a escritora e ilustradora Mariana Massarani criou uma marca que evoca O Cavalinho Azul, um dos principais espetáculos dessa autora tão querida e mundialmente conhecida que é Maria Clara Machado.

Serão homenageados nesta noite: André Brilhante, Bruno Bacelar, Carlos Augusto Nazareth, Claudia Valli, Fátima Café, Fátima Valença, João Batista, Ivanir Calado, Márcia Frederico, Maria Helena Khuner, Marilia Gama Monteiro, Mônica Biel, Rogério Blat, Sura Berditchevsky e Teresa Frota. Homenageados em memória: Lúcia Benedetti, Carlos Damião, Paulo César Coutinho, Pernambuco de Oliveira, Oscar Von Phfull, Sylvia Orthoff e Maria Clara Machado.

Sobre o CBTIJ

Criado a15 ANOS, por profissionais da área de teatro para crianças, o Centro Brasileiro de Teatro para a Infância e Juventude - CBTIJ é uma entidade sem fins lucrativos que visa à união dos profissionais da área e à expansão de um teatro de qualidade que contribua para a formação da infância e da juventude brasileira. Entre seus objetivos está o de promover ações para a divulgação, a difusão e o desenvolvimento do teatro, defendendo a profissionalização da classe; propor políticas de acesso ao teatro; ampliar os direitos culturais da criança e do adolescente; e consolidar, perante instituições e governo, a igualdade no tratamento aos artistas que dedicam seu trabalho a este público em relação aos demais profissionais da área das artes cênicas.

Para isso, o CBTIJ realiza periodicamente em sua sede encontros e reuniões com seus associados e representantes de outras entidades e do governo, para discutir questões pertinentes ao teatro para crianças e jovens. Atualmente, são mais de 300 associados, entre eles diretores, atores e produtores de teatro para o público infanto-juvenil de todo o Brasil, conseguindo-se assim manter uma ampla rede de contatos.

Promovendo intercâmbios internacionais, o CBTIJ é representante no Brasil da ASSITEJ - Associação Internacional do Teatro para a Infância e Juventude. Em atividade em mais de 80 países, a ASSITEJ tem contribuído para uma política junto a governos e instituições de promoção da dignidade profissional nesta área e de desenvolvimento da infância através do Teatro. O CBTIJ também faz parte do recém criado Bloco Latino-Americano, formado por ASSITEJs dos países da América do Sul e Central.

Em 2001, a ASSITEJ instituiu a data de 20 de março como o Dia Mundial do Teatro para a Infância e Juventude, comemorada em mais de 80 países onde a entidade se faz presente. Por iniciativa do CBTIJ, em 2008, através da Lei 10.722, foi oficializado o Dia NACIONAL do Teatro para a Infância e Juventude.

CBTIJ é declarado de Utilidade Pública Municipal e Estadual

Além de ser agraciado com a Moção de Aplauso e Louvor pela Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, com a Moção de Louvor da Câmara de Vereadores do Município do Rio de Janeiro e com o Prêmio Ventoforte, o CBTIJ é declarado de Utilidade Pública Municipal e Estadual, sendo reconhecida assim a importância de suas ações nestes 15 ANOS de atividades em prol do teatro para crianças e jovens.

CBTIJ possui site especializado em teatro para infância e juventude

Considerado o site de maior número de informações especializadas em teatro para crianças e jovens, no portal do CBTIJ, www.cbtij.org.br, o visitante poderá encontrar história, acervo - fotos, programas e cartazes de espetáculos que fizeram história -, entrevistas, artigos e reflexões, pesquisas acadêmicas, críticas - um levantamento histórico de todas as críticas publicadas na imprensa -, contatos dos grupos de todo o Brasil, cursos de teatro, resgate de nomes que muito contribuíram para o teatro infantil, prêmios, informações e links de órgãos governamentais, banco de espetáculos dos associados, além de informações completas sobre realizações e atividades da entidade. Além de registrar os principais assuntos contemporâneos, o site do CBTIJ tem a proposta de resgatar a memória dos 60 anos de Teatro para Crianças no Brasil.

ATENDIMENTO À IMPRENSA

assessoria de imprensa Ney Motta
arteContemporânea comunicação
21 2539-2873 e 8718-1965
neymotta@terra.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário