segunda-feira, 28 de março de 2011

jura secreta 132

avisto o mar amaralina
vejo o farol na praia
 na areia vejo a menina
não é metáfora
ela tem a boca de nuvens
girassóis entre os joelhos
algas perto das coxas
estrela do mar nos cabelos
poema escrito no sexo
com letras de serpentina
a tatuagem nas costas
a flor da pele retina

é preciso não ter pressa
para entender o que eu digo
ela tem um jeito gal
um furacão no umbigo
a voz de mil oceanos
marés de outras marinas
 ouriços presos na língua
de tudo que não se sabe
nada me satisfaz
 o movimento dos barcos o
 mar de fogo no cais

artur gomes
 http://juras-secretas.blogspot.com/


a flor da tua pele

a flor da tua pele
me provoca amor intenso

mas amor é outra coisa
contrária a tudo aquilo
que penso


por uma lua de água e sal
pelo sol o girassol
pela areia da praia
pela arraia
a vida dos peixes
a tartaruga
a vida pelas rugas
as brigas as intrigas
pelos filhos
pelas filhas
os trapos da mortalha
o carnaval
a carnavalha
pelas tralhas e trilhas
a faca de dois gumes
o fio da navalha

Nenhum comentário:

Postar um comentário