quarta-feira, 9 de maio de 2012

teus olhos como estrelas


Isadora Predebon

depois que esta lua cheia
 me devassa na janela
Isadora inda me revela
dentro da noite que é dela
a mulher que eu não conheço
quando no mar faz tempestade
com raios relâmpagos curiscos
e ela beija os mariscos
trazidos nas ondas em feixe
e eu querendo ser peixe
para ir fundo pro  mar
mas só vou com Isadora
se ela também peixe ficar
ou quem sabe então sereia
arraia que eu possa tocar
e mergulhar nos teus olhos
como se fossem as estrelas
que brilham  na beira mar

artur gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário