quarta-feira, 3 de outubro de 2012

subVersão poética subVersão ou: atentado poÉtico para Jommard Muniz de Britto

foto: artur gomes


duvido do poeta
que nunca amolou a língua
afiou a faca
atirou a pedra
saltou da ponte
para o outro lado da linguagem

duvido do poeta
que nunca escreveu uma sagaranagem
explodiu a fala
saltou para dentro do abismo
de qualquer palavra
no poço fundo da voragem

duvido do poeta
que nunca pensou uma fulinaimagem
nunca foi drummundo
nem mergulhou fundo
em algum corpoema
nunca quebrou a meta

com o coração selvagem

duvido do poeta
que nunca arrombou alguma porta
nem assaltou uma janela
que não entorta a linha reta
não sabe que coisa é ela
a arma branca do poeta

poeta que é poeta
não descreve situações
corta a verborragia dos versinhos
e só escreve subVersões

artur gomes
www.goytacity.blogspot.com
fulinaíma produções
www.youtube.com/fulinaima

Nenhum comentário:

Postar um comentário