terça-feira, 18 de dezembro de 2012

poéticas


fotos: artur gomes


poética 31


desconfio
do muito que dizem
escrevem
sobre poesia
entendo que palavra/imagem
é um ser estranho
obscuro
por isso então
penetro
procuro



poética 32


esse amor oculto
secreto
lua nova
detrás de nuvem negra
não tenho paciência
pra ver nuvem passar
depois de hora e meia
devoro a lua nua
atrás de nuvem mesmo
e transformo em lua cheia



poética 33



drummond
pode ser pedra
joão cabral a faca
ferreira gullar
espinho
guimarães nunca foi rosa
não colocou flor
em seu caminho


artur gomes
poéticas fulinaímicas

Nenhum comentário:

Postar um comentário