quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

o amor divido em nacos


foto: artur gomes


"O amor divido em nacos, realiza milagres. Como o vento que se divide entre as copas das árvores e os cursos dos rios, causando ondas de prazeres. Como o sol que contempla o espocar das sementes, a defloração dos brotos e lambe o cheiro macio das romãs. Como as abelhas divididas entre as flores e o minar das bocas. Mais que o fazer do pão, é necessário reparti-lo para que sejam os corpos, dourados campos de trigo."

Rodrigo Ribeiro - Belo Horizonte-MG
Dezembro - 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário