quarta-feira, 10 de abril de 2013

PoÉtica 59


PoÉtica 59
Campos é campos Cidade é Cidade (Tonico Pereira)



essa cidade só me suga
sanguessuga
meu sangue é vermelho
... não é Rosa



eu sou Drummundo
e me confundo
na matéria amorosa
posso estar na fina flor da juventude
ou atitude de uma rima primorosa
e até na pele/pedra
quando me invoco e me desbundo
baratino
e então provoco umbarafundo cabralino
e meto letra no meu verso estando prosa
e vou pro fundo do mais fundo
o mais profundo mineral Guimarães Rosa

Uilcon me ensinou da pedra o toque
por ser Drummundo
a carnadura do meu samba
é mais que  rock




Artur Gomes

foto: Lara Rothier

Nenhum comentário:

Postar um comentário